LINGUAGEM CORPORAL EM VENDAS


     Os Grandes Vendedores conhecem a importância de alinhar a linguagem corporal à linguagem verbal para que a mensagem seja a mais direta e coerente possível. Se um Supervisor está dizendo “ você está fazendo um ótimo trabalho” e ao mesmo tempo exibe um grande e caloroso sorriso e o corpo descontraído, você provavelmente acreditará nele. Por outro lado, se uma pessoa diz  “ essa roupa ficou ótima em você “ com os dentes cerrados, um sorriso amarelo e o corpo rígido, você não terá certeza se, na opinião dela, a roupa vestiu bem .

  Mudando apenas o tom de voz e a postura corporal, podemos alterar o significado por trás de nossas palavras. Diferentes interpretações podem resultar simplesmente da sua postura corporal ou de palavras pronunciadas com determinada entonação  ou ênfase. Se você elevar o tom de voz como se estivesse fazendo uma pergunta, enquanto informa o preço, vai dar a impressão de não acreditar que o cliente irá pagá-lo. Isso também pode transmitir a ideia de que aquele preço é negociável. Se você constantemente desvia o olhar, as pessoas não confiarão na sua mensagem, NÃO PERCA A SINTONIA.

  Para atingir um ótimo resultado nas vendas, certifique-se de que a mensagem enviada pela sua linguagem corporal coincide com aquela que suas palavras transmitem.

  Sinais clássicos que o cliente está chateado, ou se isolou e que não devemos ofertar nada enquanto estes sinais não forem desfeitos são: braços cruzados, pernas cruzadas, pés voltados para a saída, estar recostado na cadeira, olhar distante ou apertado, ou está brincando com objetos em cima da mesa...etc.

Quer se tornar um MESTRE EM VENDAS  ?  Então  participe do

CURSO A ARTE DE VENDER, DE 19 A 23.03.2018, HORÁRIO DAS 19.30 AS 22.30 HORAS. INSCRIÇÕES E INFORMAÇÕES NA ACI – FONE: 3332- 9950. VAGAS LIMITADAS, INSCREVA-SE JÁ !

LINGUAGEM CORPORAL EM VENDAS


Publicação: 13/03/2018